Porque nossa conta de energia elétrica está aumentando?

luz acessa representando os impactos da crise hídrica na energia elétrica

Em meio a grande mudança econômica que estamos passando atualmente, você deve ter sentido uma diferença também no valor da sua conta de energia elétrica. Vamos entender o porquê disso?

A crise econômica no nosso país já se faz presente há alguns anos, porém neste período de pandemia, conseguimos sentir com maior peso a diferença nos valores de produtos e serviços que são essenciais. Junto com tudo isso, começamos sentir também os impactos da crise hídrica.

 

Em matéria publicada pelo G1 , dia 16 de junho de 2021, mostra que a energia elétrica foi o item de maior peso na ultima inflação oficial do país. No mês de maio o aumento aconteceu da seguinte maneira: a cada 100 kWh foi acrescentado o valor de R$4,169, porém no mês de junho o acréscimo passou para R$6,243.

Porque nossa conta de energia elétrica está aumentando?

Antes de entender porque isso impacta o nosso bolso, precisamos saber de onde vem a energia elétrica que utilizamos todos os dias. Responsável por 62% da capacidade instalada, as hidrelétricas são a nossa principal fonte, ou seja, a energia gerada através das águas correntes dos rios, 28% de termelétricas e o restante de usinas eólicas.

 

Decorrente da crise hídrica , os reservatórios das hidrelétricas estão em queda, não possuem água o suficiente para suprir a necessidade do país, e para que todos sejam abastecidos essa ausência é compensada pelas termelétricas, e isso gera um custo maior sendo repassado para nós, consumidores. 

 

Segundo a Aneel o custo dessa ação será de R$9 bilhões, e exatamente por esse motivo passamos a sentir a diferença na nossa conta mensal. Hoje estamos no patamar 4 das bandeiras tarifárias, com o maior acréscimo a cada 100 kWh.

crise hidríca foto de uma hidrelétrica
Foto: Sharath G no Pexels

O que provocou a Crise Hídrica?

A Crise Hídrica foi identificada em abril de 2012 , com dados analisados lá de fora do nosso planeta, através do satélite Graces, que verifica a mudança no campo gravitacional da Terra. 

 

Com essa análise, desde essa época foi possível identificar que a região mais populosa do Brasil havia perdido cerca de 56 trilhões de litros de água por ano, o que equivale a 32 vezes o volume do reservatório do Guarapiranga.

 

Portanto, a crise hídrica, não nasceu ontem. E você deve estar se perguntando porque chegamos nesse estado né? Veja abaixo os três principais motivos da queda do nível de água nos reservatórios: 

  • Aumento do consumo 

O aumento da população no país gerou um aumento do consumo de água. Quando a população cresce, consequentemente a quantidade de água, energia elétrica, alimentos entre outros itens necessários se torna maior para o abastecimento de todos. 

 

Além do consumo residencial, o aumento nas indústrias e na agricultura também cresceu. Segundo a Agência Nacional de Águas (ANA), a cada 100 litros de água consumidos, 72 são utilizados no setor agrícola.

  • Desperdício de água 

O desperdício é um fator muito importante desde sempre. Por ser um recurso natural muitas vezes utilizamos como se fosse infinito. Sim, a água tem sua capacidade de renovação, assim como outros recursos naturais, porém a nossa demanda é muito alta.

 

Em estudo inédito realizado pelo Instituto Trata Brasil, foi identificado que 40% da água potável do nosso país é desperdiçada, essa quantidade é suficiente para abastecer mais de 63 milhões de brasileiros por um período de um ano.

  • Diminuição do nível de chuva 

De setembro de 2020 a fevereiro de 2021, tivemos o menor volume de chuva recebido nos reservatórios, dos últimos 91 anos. Segundo Alexandre Araújo Costa, físico e professor de Ciências Atmosféricas da Universidade Estadual do Ceará, o ciclo da chuva sofre grande impacto direto com a junção do aquecimento global, que vem se agravando pela destruição da Amazônia. 

 

Com a frequência normal das chuvas, o nível de água do abastecimento das hidrelétricas aumenta, pois os rios e lagos ficam mais cheios, aumentando a quantidade de energia que é gerada. Com a ausência das chuvas, menos água e maior impacto no abastecimento de energia.

crise hidrica toneira aberta demonstrando o desperdicio
Foto: Skitterphoto no Pexels

O que podemos fazer agora para amenizar os impactos da crise hídrica?

Como vimos acima, um dos principais pontos para a crise hídrica é o desperdício. Portanto, também devemos nos sentir responsáveis por esse período que enfrentamos. Separamos algumas ações simples para serem aplicadas no dia-a-dia, para contribuir:

 

  • Diminua o tempo no chuveiro

 

  • Não deixe a torneira aberta enquanto lava a louça

 

  • Tente ensaboar toda a louça de um vez só

 

  • Acumule a roupa , para utilizar a máquina menos vezes na semana 

 

  • Reaproveita a água da máquina de lavar na limpeza da casa 

 

  • Não esqueça as torneiras abertas

 

  • Se possível, guarde água da chuva, de maneira correta, para reutilizar também na limpeza da casa

 

Vamos fazer nossa parte? 

Conclusão

Você já imaginou sua vida sem água? E sem energia elétrica? A crise hídrica que estamos passando, e não é de hoje, não impacta somente nosso bolso, mas a nossa vida. Sabemos que algumas ações não dependem só de nós, mas não só podemos como devemos assumir nossa responsabilidade diante dessa situação.

 

Começamos a sentir a crise hídrica no bolso, mas as suas consequências são muito maiores do que só financeira. O consumo consciente consiste também em utilizar nossos recursos pensando nos impactos que estamos gerando ao planeta. 

 

A nossa contribuição pode amenizar a crise hídrica que estamos vivenciando. A conscientização do consumo também abrange os serviços que utilizamos, como água e energia elétrica. Vamos fazer nossa parte? 

Conheça o nosso blog e fique por dentro conteúdos exclusivos da Loja Enni.

4 Motivos para escolher o Brechó!

Você sabia que o brechó é uma forma de colocar suas roupinhas pra circular por aí? Separamos 4 motivos para você entender por que vender ou comprar em brechó é uma ação sustentável.

Leia Mais »
cacho de bananas dentro da ecobag

Você precisa de uma Ecobag!

Tem certeza que ainda vale a pena utilizar e aceitar sacolinhas plásticas na hora das suas compras? Veja a importância de utilizar sacolas reutilizáveis de tecido: as ecobags !

Leia Mais »